Sábado, 24 de Fevereiro de 2024
23°

Tempo nublado

Pariquera-Açu, SP

Polícia Policia Civil

Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em joalheria de Santos

O comerciante foi ouvido em inquérito policial e será investigada sua participação no delito patrimonial.

08/02/2024 às 14h50 Atualizada em 09/02/2024 às 19h15
Por: Redação Fonte: Assessoria de Imprensa Polícia Civil (DEINTER-6)
Compartilhe:
Polícia Civil cumpre mandado de busca e apreensão em joalheria de Santos

Policiais Civis do 7º Distrito de Santos cumpriram, na tarde de ontem (07), um mandado de busca e apreensão contra uma joalheria situada no Bairro Aparecida em Santos.
A investigação teve início após uma idosa procurar a Delegacia de Polícia relatando que, no dia 24 de janeiro do corrente ano, ela havia recebido uma ligação de uma pessoa desconhecida que alegava ter sequestrado o filho da idosa e que a condição para a soltura da suposta vítima seria a transferência de R$ 200.000,00 (Duzentos mil reais). 
A vítima solicitou auxilio de sua cuidadora e foram até a joalheira vender pertences da família a fim de pagar o suposto resgate. Após fazer a venda das jóias, foi transferido o valor de R$ 11.500,00 (Onze mil e quinhentos reais) para a conta de uma pessoa moradora do Estado do Rio de Janeiro.
Poucos minutos após efetuar a venda e depósito da quantia, o filho da vítima foi cientificado do golpe sofrido pela genitora e tentou resgatar os bens da família que tinham acabada de ser vendidos. O proprietário do local (27 anos) alegou que os itens já haviam sido derretidos e seria impossível a devolução.
A Polícia Civil foi acionada e representou ao Poder Judiciário pela decretação do mandado de busca e apreensão contra o estabelecimento comercial. Parte dos produtos vendidos pela vítima foram recuperados.
Lavrados os termos processuais e restituídos os objetos à vítima, o comerciante foi ouvido em inquérito policial e será investigada sua participação no delito patrimonial.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.